Ponto negro no milho

0

Quando o milho atinge a maturação fisiológica, designamos por ponto negro. É aqui que termina todo o processo produtivo do milho grão. Devemos fazer coincidir o fim do ciclo com o fim da reserva de água facilmente utilizável pela planta. Não correndo o risco de deixar faltar água ao milho, é possível evitar consumos desnecessários se tivermos uma atenção especial aos últimos dias que faltam para aparecer este ponto negro.
A água que fica no solo e já não vai dar origem à formação de matéria seca, deverá ser poupada por várias razões. Primeiro porque é um custo e um recurso que devemos poupar ao máximo, segundo vai aumentar a velocidade de crescimento das infestantes que estão na seara, pois esta livres da concorrência do milho e ainda não atingindo o fim do seu ciclo fisiológico , vão aproveitar a insolação provocada pela secagem da folhagem do milho e aumentar o seu volume.
Este problema revela-se muito grave pois vai dificultar a debulha, vai aumentar o risco de mistura de impurezas e sementes de infestantes no milho grão. Provoca um aumento da humidade medida nos secadores públicos onde irá incrementar o custo de secagem.
Também devemos evitar excesso de água no final, para aumentar a capacidade de encaixe de água no solo e evitar a quando das primeiras chuvas, termos excesso de água no solo, que vai provocar atascamentos e compactações muito prejudiciais ao solo e á própria colheita.

COMENTAR

Insira o seu comentário
Insira o seu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.