Adubação Líquida VRT

A adubação líquida tem vindo a ser adoptada em diferentes culturas à alguns anos.

No nosso caso já experimentámos no ano anterior algumas áreas e os resultados foram promissores. Quando estamos a tentar trabalhar ao nível da fertilização variável por manchas de solo, esta tecnologia já apresenta muitas vantagens. Já existem máquinas adaptadas à distribuição variável, pois o adubo liquido permite variações com electrobombas e diferentes bicos de aplicação.

Para a aplicação VRT sólida exige a compra de um distribuidor VRT que tem preços consideráveis e não existe no mercado prestadores de serviços que já ofereçam esse serviço

O Projecto Smartcrop que estamos a desenvolver à 3 anos vai este ano trabalhar com esta tecnologia.

Numa parceria com a Tecniferti e  Pionner vamos comparar as 2 modalidades para testar a logística e os diferentes comportamentos na distribuição de fertilizantes na forma  sólida e liquida. Iremos testar em 2 pivots, com área total de 30 ha.

Num pivot vamos aplicar a técnica VRT pela prescrição baseada nas análises de solo que vão formar a base de diferenciação nas necessidades de fertilizantes para potenciar ao máximo a produção. Vamos evitar que os valores médios que são a forma habitual de fazer a fertilização possam revelar ganhos significativos na produção e na optimização do adubo na parcela.